Aquaponia – Produzir mais e de forma saudável!!!
Up
Down
Aquaponia é a produção de pescado associada à produção de vegetais, principalmente verduras e legumes. Nos Estados Unidos, Austrália e em alguns países Asiáticos já se pratica essa modalidade de produção há mais de 30 anos.

No Brasil até o momento, temos alguns ensaios no meio acadêmico mas é em São Roque que se está tentando popularizar o sistema. Pois a cidade além de berço da hidroponia comercial paulistana, tem abundância de água e vários pesqueiros comerciais.

Alguns fatores foram preponderantes para a pesquisa com aquaponia na região:

1- A Presença de vários pesqueiros comerciais, atividade voltada a natureza de turismo e lazer da cidade potencializam o interesse pela técnica.

2- O elevado custo “dolarizado” dos fertilizantes solúveis necessários a produção hidropônica.

3-Perspectiva de cobrança de uso de água no meio rural que provocou a necessidade de se utilizar técnicas de produção que racionalizassem o uso dos recursos hídricos.

4- A Região também se destaca pela produção orgânica e a busca de alimentos mais saudáveis.

É importante também se colocar que o uso de fertilizantes industriais na agricultura está diretamente ligado a queima de combustíveis fósseis para sua produção e consequentemente ao aquecimento global. A aquaponia ao reciclar os nutrientes dos peixes para as plantas também contribui para se produzir alimentos com menor impacto ao meio ambiente.

O Agrônomos Cristiano Psillakis, Massami Yoshizumi e o Zootecnista Manoel Braz parceiros na pesquisa desta técnica, acreditam não apenas no fato de se diversificar a produção com uso racional de água mas também o fato de se estar oferecendo ao consumidor um produto mais natural, sem o uso de adubos químicos sintéticos:

”Atualmente estamos avaliando o desempenho da produção de alface e agrião em sistemas de produção passando a água proveniente do tanque de peixes por um filtro rizosférico. Uma das vantagens deste sistema é que as hortaliças apresentam um ciclo curto e os resultados se apresentam rapidamente. Quanto aos peixes só temos tido problemas com o frio de São Roque que retarda o crescimento. Os fatores econômicos também se mostram adequados com conversão alimentar próximas de 1,1 : 1, custos de energia elétrica reduzidos devido ao compartilhamento do recurso pelas das atividades e custo da produção vegetal restrita ao custo das mudas, parte da energia e mão de obra para plantio e colheita.”

Esperamos que você leitor aficionado por piscicultura ou hidroponia possa também colaborar com esta idéia participando do fórum deste site seja para esclarecer suas dúvidas, ou trazer novos conhecimentos aos interessados.

“Este site é um lugar para aprender e ensinar”

Seja bem vindo !!!
Nossos Parceiros